Ir al contenido

Dialnet


El éxito escolar en las Enseñanzas Secundaria y Profesional de los hijos de los inmigrantes en Faro y Setúbal.Un estudio comparado

  • Autores: José Manuel Mata Justo
  • Directores de la Tesis: Vicente J. Llorent (dir. tes.), Vicente Llorent-Bedmar (dir. tes.)
  • Lectura: En la Universidad de Córdoba ( España ) en 2016
  • Idioma: español
  • Tribunal Calificador de la Tesis: Verónica Marín Díaz (presid.), Verónica Cobano-Delgado (secret.), José Lopes Cortes Verdasca (voc.)
  • Materias:
  • Enlaces
    • Tesis en acceso abierto en: Helvia
  • Resumen
    • Este estudo, resulta de um olhar atento sobre uma nova realidade que entrou em Portugal, fazendo emergir no imediato as nossa lacunas naquilo que é a exigência, rigor, trabalho e respeito pelo professor e a escola.

      Sob a designação genérica de ¿Imigrantes¿, chegaram a Portugal, nos últimos anos, milhares de cidadãos oriundos, na sua maioria, dos países que integravam a antiga União Soviética e as ex-colónias portuguesas.

      Numa primeira abordagem, desse conjunto heterogéneo ressaltaram sobretudo as diferenças entre os imigrantes de leste, portugueses, brasileiros e imigrantes das ex-colónias portugueses designados por PALOP(s), que já estavam em Portugal. Com o passar do tempo, habituámo-nos a distinguir os traços, a forma de estar e as características culturais que cada grupo transporta, para a sala de aula, para a escola e sobretudo, para um país tão pequeno como o nosso. Ainda assim, é verdadeiramente interessante como nós, os portugueses, já conseguimos distinguir os sinais distintivos dos russos, dos ucranianos, dos romenos, dos moldavos, entre as várias nacionalidades que passaram a fazer parte do nosso quotidiano.

      Esta investigação que está sempre a evoluir, é mais um passo para esse conhecimento. Tenta dar-nos um rosto, um passado, histórias de vida de alguns dos muitos ¿imigrantes de Leste e de África¿, dá-nos também o registo dessa diversidade.

      Enquanto professor e responsável pela integração destes alunos em contexto de sala de aula, tenho dito sempre com afinco, em conferências e nas aulas com outros alunos de outros países e do meu país, a importância de termos sempre presente que por detrás dos números da imigração estão pessoas, com sonhos de um mundo melhor, pessoas com mágoas, pessoas que transportam o peso das decisões difíceis que tomaram ao longo da vida, pessoas que não desistem de lutar pelo seu direito mais simples ¿ o direito a serem felizes¿, e darem um mundo melhor aos seus filhos.

      Portugal, é sem dúvida hoje, uma sociedade multicultural e tolerante. É importante ter presente a realidade humana e única que cada pessoa representa. Aprendi ao longo da minha carreira de professor, a tolerância não se decreta por lei, aprende-se a ser tolerante, praticando-a.

      As motivações que conduziram à elaboração deste trabalho de investigação prendem-se com o meu percurso pessoal, social e profissional, onde têm grande relevância os meus saberes adquiridos ao longo da vida, os meus valores e as opções tomadas na construção da minha identidade profissional e pessoal. Ao empreender este trabalho, como docente, numa primeira fase do ensino secundário e numa fase posterior como professor do ensino superior, considero essencial promover o meu autoconhecimento e sinto ser necessário repensar a educação e as suas implicações no nosso mundo em acelerada mudança.

      Subjacente a este trabalho está um percurso de mais de 30 anos de docência entre o ensino superior e o ensino secundário, interrompendo-o pelos Serviços Centrais do Ministério da Educação, passando por vários cargos, desde de Assessor do Ministro da Educação e do Secretário de Estado da Educação, passando por Director Geral Adjunto do Gabinete do Lançamento do ano lectivo, Chefe de Gabinete do Secretário de Estado da Educação, passando ainda por Associações de índole profissional, tais como a Associação Nacional de Professores e Associação da Educação Pluridimensional e da Escola Cultural, onde me envolvi intensamente e obtive diversas e importantes experiências pedagógicas e pessoais, mas onde também surgiram alguns dilemas que provocaram questionamentos e reflexões. A minha implicação e dedicação a este trabalho avivaram memórias de momentos vividos em contexto profissional, dos contributos teóricos provenientes da minha experiência profissional e académica.


Fundación Dialnet

Dialnet Plus

  • Más información sobre Dialnet Plus

Opciones de compartir

Opciones de entorno